Web Toolbar by Wibiya Como se comportar diante do dinheiro? - Depoimentos - Chico Xavier

Ir para conteúdo

Bem-vindo ao site Chico Xavier
Crie sua conta agora para poder ter acesso a todas as funcionalidades e recursos. Para criar nova conta demora apenas alguns asegundos e vai poder criar tópicos responder a mensagens, interagir com outros usuários, baixar arquivos (downloads, apresentações, documentos,...) e muito mais!
Entrar em sua conta Criar nova conta agora

Como se comportar diante do dinheiro?

- - - - - Chico Xavier e o dinheiro Livro Urgência

  • Por favor, faça o login para responder
Não há respostas para este tópico
Macili
  • Administrators
  • 2.715 posts
  • Advanced Member
  • Last active: Set 03 2018 05:44
  • Joined: 10 Nov 2012

Imagem Postada



Como se comportar diante do dinheiro?

Chico Xavier:   "Examina em que se transforma o dinheiro nas tuas mãos, a fim de que possas ajuizar quanto ao proveito dos recursos passageiros que o Senhor te empresta à vida. Não é o metal ou o papel da moeda circulante que te impõem prejuízos ao coração, mas sim o próprio sentimento com que deles te vales para imergir a existência na sombra do tédio ou da enfermidade, do remorso ou da indisciplina.

Repara o que fazes e aprende a dirigir o dinheiro para que o dinheiro não te dirija. Com alguns vinténs congregados, podes realmente adquirir a alegria e o socorro de muitos. O leite à criança enferma e o livro ao analfabeto... O pão ao faminto e o remédio ao doente... O estímulo ao companheiro que luta na solução de inquietantes problemas e a felicidade do irmão em prova, algemando a aflitivos débitos...

Muita gente, porém, mobiliza a posse de alguns dias na aquisição de dor para muitos anos, de vez que, acumulando a prata e o ouro da Terra para dominar e ferir, escraviza-se a velhas paixões e a vícios pregressos, elevando-se, pela convenção da moeda humana, à frente do mundo e caindo, desassisada, diante das Leis Divinas.

Não temas o dinheiro dignamente conquistado, aprendendo, sobretudo a produzi-lo com teu próprio suor, e, guiando-lhe os movimentos no caminho do trabalho e da luz, da caridade e da educação, terás dele feito não mais o tiranizante senhor a encarcerar-te no estranho reino do azinhavre e da sovinice, mas sim o companheiro leal e o servo amigo a sustentar-te os passos na direção do Reino de Deus."



(do livro "Urgência")






0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membros, 0 visitantes, 0 membros anônimos