Web Toolbar by Wibiya Município de Gurinhatã reconhece carta de Chico Xavier como patrimônio cultural - Biografia - Chico Xavier

Ir para conteúdo

Bem-vindo ao site Chico Xavier
Crie sua conta agora para poder ter acesso a todas as funcionalidades e recursos. Para criar nova conta demora apenas alguns asegundos e vai poder criar tópicos responder a mensagens, interagir com outros usuários, baixar arquivos (downloads, apresentações, documentos,...) e muito mais!
Entrar em sua conta Criar nova conta agora

Município de Gurinhatã reconhece carta de Chico Xavier como patrimônio cultural

- - - - -

  • Por favor, faça o login para responder
Não há respostas para este tópico
Macili
  • Administrators
  • 2.703 posts
  • Advanced Member
  • Last active: Nov 12 2017 12:09
  • Joined: 10 Nov 2012

Posted Image


Uma carta do médium Chico Xavier enviada para a cidade de Gurinhatã, em Minas Gerais, é reconhecida como patrimônio cultural pelo departamento de Educação, Cultura, Esporte e Lazer do município.

O registro foi concedido após a equipe do Patrimônio Cultural, composta por Cláudio Scarparo Silva e Antônio Cézar da Costa, fazer uma análise cuidadosa nos envelopes da carta com os panfletos.
A origem da carta é contada pela própria pessoa que a recebeu. No ano de 1960, o conselheiro do patrimônio cultural de Gurinhatã, Tobias Ribeiro, tinha um problema sobre posse de terras para resolver. Sendo espírita e querendo receber uma opinião de alguém de sua religião, escreveu uma carta endereçada ao médium Chico Xavier sobre a demanda que estava causando muitos aborrecimentos na sua rotina.

Ao cair da noite do mesmo dia, resolveu queimar a carta. Ribeiro temia envolver o nome de outras pessoas e piorar a situação. Uma semana depois, num domingo, o chefe de correio de Gurinhatã veio dizer que havia chegado uma correspondência para ele. Para sua surpresa, era uma resposta de Chico Xavier aos seus questionamentos.



Posted Image

Na época, Ribeiro vivia na Fazenda do Matão e o serviço de correios era do distrito de Gurinhatã. Na segunda-feira, ele se deslocou até a cidade para receber a carta. O conteúdo do envelope de Uberaba foi estarrecedor. Chico revelou todas as respostas para suas dúvidas que Ribeiro nem tinha chegado a enviar ao médium.  

Além disso, Chico enviou dois panfletos com mensagens espirituais. O envelope chegou a ser levado até Uberaba para testemunho dos espíritas e simpatizantes da doutrina espírita.



Fonte: Pontal em Foco.
Extraído da Rádio Boa Nova em 07 de agosto de 2017, publicado por Elen Alarça





0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membros, 0 visitantes, 0 membros anônimos