Web Toolbar by Wibiya Precioso Servidor - Mensagens - Chico Xavier

Ir para conteúdo

Bem-vindo ao site Chico Xavier
Crie sua conta agora para poder ter acesso a todas as funcionalidades e recursos. Para criar nova conta demora apenas alguns asegundos e vai poder criar tópicos responder a mensagens, interagir com outros usuários, baixar arquivos (downloads, apresentações, documentos,...) e muito mais!
Entrar em sua conta Criar nova conta agora

Precioso Servidor

- - - - -

  • Por favor, faça o login para responder
Não há respostas para este tópico
Macili
  • Administrators
  • 2.713 posts
  • Advanced Member
  • Last active: Ago 12 2018 07:04
  • Joined: 10 Nov 2012

Posted Image




Precioso Servidor




Respondendo a sua carta,

Afirmo prezado Elmano:

Dinheiro é amparo do Céu

Entregue ao progresso humano.




Nunca censure a moeda

Bem dirigida, a finança.

É bênção para o trabalho

E uma fonte de esperança




Para mostrar o dinheiro

No apoio que descortina,

Trago a você nesta carta

Uma lição pequenina.




Calimério foi à rua

Seguido de um companheiro

Que conquistara, ajudando

Na casa de um carpinteiro.




O irmão que você conhece

Comportava-se por guia,

Fez-se o outro associado

Que escutava e obedecia.




Tratava-se de um amigo

Dos melhores que se tem,

Quando a pessoa deseja

Viver cultivando o bem.




Notei logo o quadro lindo

Que se formara nos dois,

Onde passassem servindo

A luz brilhava depois.




Ambos levaram socorro

Para Zulmira Noé;

A doente que descria

Recobrou a própria fé.




Promoveram leito novo

Com todo conforto à mão

Para o velho Regozino

Que esmorecera no chão.




Trouxeram novo agasalho

Para o quarto do Agenor,

O enfermo desamparado

Que pedia cobertor.




Viram ambos a alegria

Na viúva do Albernaz,

A quem deram de presente

Um grande bujão de gás.




Ao telheiro de Angelina,

A viúva do Zé França,

Trouxeram penicilina,

Socorrendo uma criança.




Ao recanto da viúva

Lília da Conceição

Enriqueceram a mesa

De leite, açúcar e pão.




E a festa foi sempre assim

Pelo restante do dia,

Onde a dupla aparecesse

A esperança renascia.




Unidos para a bondade

Recordavam cireneus,

Respeitados em silêncio

Por missionários de Deus.




Agora, digo a você

Quem era esse servidor

Que ofertava tanto auxílio

Nesse banquete de amor.




O amigo de Calimério

Que lhe atendia à vontade,

Tem este nome bendito:

- "Dinheiro da Caridade".




por Francisco C. Xavier / Cornélio Pires (Espírito)

"Baú de Casos" - Editora Ideal



..............................................................................


Fonte: NEECX - Núcleo de Estudos Espíritas Chico Xavier






0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membros, 0 visitantes, 0 membros anônimos