Web Toolbar by Wibiya Sol das Almas - André Luiz - Chico Xavier

Ir para conteúdo

Bem-vindo ao site Chico Xavier
Crie sua conta agora para poder ter acesso a todas as funcionalidades e recursos. Para criar nova conta demora apenas alguns asegundos e vai poder criar tópicos responder a mensagens, interagir com outros usuários, baixar arquivos (downloads, apresentações, documentos,...) e muito mais!
Entrar em sua conta Criar nova conta agora

Sol das Almas

- - - - -

  • Por favor, faça o login para responder
Não há respostas para este tópico
Macili
  • Administrators
  • 2.715 posts
  • Advanced Member
  • Last active: Set 03 2018 05:44
  • Joined: 10 Nov 2012

Imagem Postada





Sol das Almas




No sol, a base da existência. À face disso, todas as construções terrestres lhe reservam lugar. Cidades rasgam-lhe avenidas e logradouros, edifícios abrem-lhe átrios e janelas, para que lhes não falte euforia ao arejamento.

Pensando nisso, André Luiz, com muita felicidade, compara a Doutrina Espírita, -
Cristianismo Redivivo, - o sol nas almas.


Se o sol é vida e luz, o Espiritismo é amor e verdade, ambos vertendo a jorros de vitalidade e calor das Esferas Maiores.

Na Terra, criatura alguma logra respirar e desenvolver-se, fora da constante solar, e espírito nenhum consegue renovar-se e purificar-se sem a influência do Cristo de Deus, que podemos considerar como sendo a constante divina.

Habituado a perquirir as dores humanas a fim de extirpá-las, nos recantos obscuros de ignorância e provação a que se acolhem, o nosso companheiro não encontraria conceituação mais expressiva. Isso porque se é necessário que o archote solar varra diariamente as sombras do mundo, para que o mundo se refaça e progrida, assim também é indispensável que a chama do conhecimento dissipe, incessantemente, as névoas da ilusão nas províncias da alma, a fim de que a alma se renove e caminhe adiante.

Médico e psicólogo, de ânimo ventilado ao sopro das realidades eternas, sabe André Luiz que não é possível agir e edificar, analisar e aprender sem luz e, por isso, nos oferece estas páginas em que se entremeiam clarões de raciocínio e sentimento, à maneira de facho em nossas mãos para que não nos escasseiem aviso e encorajamento, reflexão e consolo.

Se despertaste às clarinadas da Vida Superior, recebe, pois, leitor amigo, este volume por valioso auxílio ao cérebro e ao coração. Ser-te-á ele não somente bússola nas horas de indecisão, mas também apoio certo nos momentos difíceis, indicando-te rumos e aditando-te novas forças.

De nossa parte, agradecemos a dádiva do companheiro e, com ele, que tem sido impertérrito campeão da verdade, com a própria renovação no Plano Espiritual, desejamos orar, no intróito deste livro, exorando a Jesus:

- Compadeça-te, sim, de nós, Senhor, e faze sol em nossas almas!

Ilumina-nos com a tua palavra e restaura-nos as energias em tua bênção! Guarda-nos em teu infinito amor e permite-nos a alegria de continuar trabalhando, sob a tua inspiração, ouvindo-te, a cada passo, a promessa inesquecível: "Quem me segue não anda em trevas".


Emmanuel

Uberaba, 4 de Julho de 1964


Psicografia de Francisco Cândido Xavier,

livro: Sol nas Almas






0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membros, 0 visitantes, 0 membros anônimos