Web Toolbar by Wibiya Recordações da Vida de Chico Xavier - Psicografias - Chico Xavier

Ir para conteúdo

Bem-vindo ao site Chico Xavier
Crie sua conta agora para poder ter acesso a todas as funcionalidades e recursos. Para criar nova conta demora apenas alguns asegundos e vai poder criar tópicos responder a mensagens, interagir com outros usuários, baixar arquivos (downloads, apresentações, documentos,...) e muito mais!
Entrar em sua conta Criar nova conta agora

Recordações da Vida de Chico Xavier

- - - - -

  • Por favor, faça o login para responder
Não há respostas para este tópico
Macili
  • Administrators
  • 2.706 posts
  • Advanced Member
  • Last active: Mai 31 2018 02:43
  • Joined: 10 Nov 2012

Imagem Postada




Recordações da Vida de Chico Xavier




Mensagem em italiano, ditada por Emmanuel, em fevereiro de 1933, recebida pelo médium Francisco Cândido Xavier, que não havia ainda completado 23 anos de idade, caixeirinho humilde do seu “Zé Felizardo”.


Buona Salute. Mi allegro de potervi parlare, ma prima di tutto deggio ringrazziare a Dio, lasciandovi anche i miei sentimenti amichevoli tropo sinceri.Pernonnatemi si vi tengo come miel fideli amici. Mi chiamo Emmanuel, ma io non era figlio d`Italia. Sono vostro amico vecchio. (-)

Tradução deste trecho e do restante, que deixamos de transcrever,  pela Sra. Marina Leite Denardi, professora e tradutora em Araras, SP:


Boa saúde. Estou contente por poder falar com vocês, mas antes de tudo devo agradecer a Deus, deixando também os meus sentimentos amigáveis, muito sinceros. Desculpem se lhes considero como meus amigos fiéis. Chamo-me Emmanuel, mas não sou filho da Itália. Sou um velho amigo de vocês
Precisaria disto para saberem que estamos com vocês? Porque, como já não somos mais prisioneiros da Terra, não precisamos da linguagem humana. Nossa língua é o pensamento. Alguém disse a vocês que tais manifestações espíritas são úteis para conduzir à crença os seus irmãos que ainda não crêem. Mas me desiludi. Mesmo com uma prova não acreditariam. Os homens se sentem sábios com a pequena ciência ou com religiões dogmáticas.


É preciso entender os seus deveres. O trabalho de Francisco (Cândido Xavier) foi determinado; quero somente demonstrar que a Imortalidade é a verdade; não precisamos de cores ou adjetivos para ilustrá-la. Esperem com paciência. Conservem nas suas almas as flores da esperança; para muito dos seus sonhos o orgulho é tudo. Para eles chega a luz pelos caminhos das grandes dores. Atrás do pranto está a luz que clareia os seus conhecimentos. Lembrem-se de que os alunos e as crianças obedecem aos seus professores. Ontem vocês eram ruins, hoje são melhores e amanhã serão bons.
Adeus, não esqueçam jamais os seus deveres. Que Deus seja louvado. Hoje e sempre, seu amigo e irmão pequeno e pobre, Emmanuel.Os exemplos, geralmente, são melhores do que palavras.”




Reportagens reproduzidos do jornal O Globo, inseridas no livro Notáveis Reportagens com Chico Xavier,organização de Hércio Marcos Cintra Arantes,

edição do Instituto de Difusão Espírita, de Araras, SP – http://www.ide.org.br

Copiado do jornal espírita “A Luz do Evangelho”




Imagem Postada






0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membros, 0 visitantes, 0 membros anônimos